Um vice sob controle


Quatro meses já se foram do Governo Federal com Jair Bolsonaro como presidente da República. Apesar do avanço da reforma da Previdência Social, tem chamado muito a atenção os desencontros entre ele e os seus pares. Bem como a necessidade constante de seus subalternos apagarem incêndios criados por convicções e atitudes que jogam contra a opinião pública. Nesse cenário, o vice, Gal. Hamilton Mourão, aproveita para consolidar-se como a melhor alternativa para a substituição.

A questão de momento é que Mourão já tem apoio de boa parte do empresariado. Ele vem reconquistando quadros militares. E angariando simpatia do Congresso Nacional e de outras figuras políticas proeminentes do cenário nacional. Pronto: a ciumeira se intensificou. É preciso controlar o possível traidor.

Mas as amarras tendem a vir mesmo de seus aliados. Por questões estratégicas. Afinal, somente depois de dois anos da gestão atual é que o Gal. pode assumir como presidente da República. Antes, um impeachment provocará novas eleições. Mourão precisa entender isso. E aos poucos a ficha vai caindo. Não é preciso pressa. Apenas boa articulação política. Esse tem de ser o foco de um vice, por ora, sob controle. Caso esse seja seu real objetivo.

#mourão

Posts Em Destaque
Posts Recentes