A inclusão das pessoas com Síndrome de Down

O que faz uma campanha de inclusão social ser viral? Os apelos emocionais e a colaboração de celebridades servem para a identificação, o engajamento e as conversões, por meio das diversas mídias. Mas é o público quem faz realmente a diferença, com os seus compartilhamentos e comentários. Seja para o respeito ao tema, a atitude voluntária ou a doação.

Dia 21 de março (hoje) é celebrado o Dia Internacional da Síndrome de Down. Sem perceber, você será impactado por ações de conscientização ou convocado a interagir e colaborar com a causa. Já está sendo.

A data é uma alusão à trissomia 21. Pessoas com Síndrome de Down possuem um cromossomo a mais no par 21, condição genética que requer suporte para o desenvolvimento intelectual e maiores cuidados de saúde, entre outros fatores.

Em São Paulo, dentre as celebrações, destaque para a 3ª Corrida e Caminhada pela Inclusão, promovida pelo Instituto Olga Kos (IOK), neste domingo, no Pacaembu. A prova teve percursos de 5 e 10 km, com largada da Praça Charles Miller, e reuniu 13 mil pessoas.

Ao longo de 10 anos de atividade, o IOK tem desenvolvido projetos de artes e esportes, aprovados em leis de incentivo, voltados a pessoas com deficiência intelectual e em condição de vulnerabilidade social. Visite o www.institutoolgakos.org.br e saiba mais.

Em 2017, dada a crise econômica, a destinação de impostos ao IOK caiu. E mesmo com o apoio de importantes instituições, uma campanha de arrecadação financeira vem à tona.

A Record News disponibilizou inserções para propagandas nos intervalos de seus programas. E coube à Speaker Comunicação e Marketing a elaboração dos vídeos de mobilização – um deles, com 1 minuto, estará disponível no site e nas redes sociais do IOK nos próximos dias. Confira!

As pessoas com Síndrome de Down não devem ser tratadas como “especiais” ou “doentes”. Esqueça também a expressão portador. O termo é mais adequado para um serviço “leva e traz”, a pedido de alguém.

Tenha em mente: quanto maior o “coitadismo”, menor a inclusão. Então, a inserção social precisa ser com direitos iguais. Trata-se de gente como a gente. Não perca tempo. Colabore. Faça dessa ação algo sem precedentes.

------ x -----

Alessandro da Mata é Chefe Executivo da Speaker Comunicação e Marketing - www.speakercomunicacao.com.br - e pós-graduado em Comunicação Organizacional e Relações Públicas pela Cásper Líbero.

#síndromededown #speakercomunicação #alessandrodamata #iok

Posts Em Destaque
Posts Recentes